domingo, 30 de junho de 2013

Como Taiwan explica os protestos no Brasil.


A TV tailandesa resolveu explicar aos seus telespectadores os protestos no Brasil.

Usou e abusou de animações 3D. E em uma sensacional sacada, escolheram um animal símbolo para os nossos estádios monumentais. Genial.
Nada de cenas ao vivo. Vai que os orientais aprendem como faz?

Assista abaixo. Ainda não há legendas em português, o que não tira a graça da coisa.




Vai dizer que agora você não sabe tudo sobre as manifestações?

sábado, 29 de junho de 2013

GREVE GERAL DE NINGUÉM






GREVES são convocadas por alguém. Toda greve tem uma fonte, uma origem e principalmente um motivo.
Essa greve do dia 1 de Julho não tem pai, não tem mãe. É filha do Ctrl-C, Ctrl-V que muito adotaram aqui, achando que ajuda.
Vou te contar um segredo: o Anonymous não precisa de ajuda para ser anônimo. Simples assim.
Essa greve não é de ESQUERDA, não é de DIREITA. Não dá para saber se é pró ou anti-governo.
Não tem dono.

É uma greve para mudar o Brasil? Uai, então por que não é de todos? Porque quem propõe não pode se mostrar?

Resultado? Dia 1 não tem greve. Esqueça o resto.

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Reunião de Emergência - Porta dos Fundos


Os fatos contidos nesse vídeo são um peça de ficção, não necessariamente condiz com a realidade. Ou não?





Vale a pena curtir o canal dessa turma: AQUI.

terça-feira, 25 de junho de 2013

E a FIFA foi pro pátio!!! - Veículo oficial FIFA rebocado em BH!!!


E FIFA achou que a lei estava suspensa fora da "Area FIFA" também.

Esta manhã, em Belo Horizonte, um veículo oficial do COL (Comitê Organizador Local) da FIFA, ficou por mais de uma hora estacionado no centro da capital na area reservada exclusivamente para os passageiros vão para o Aeroporto Internacional Tancredo Neves (CONFINS) e vão tomar o ônibus executivo que os leva diretamente ao aeroporto.

Os agentes da BHTrans, que monitoram o local, acionaram a viatura que transporta um Policial Militar e o reboque.

Mesmo após todo esse tempo, o responsável pelo veículo Hyundai HB20,  azul de Piracicaba/SP - FIP2961, não compareceu ao local.

Resultado? Veja no vídeo abaixo.

video

O vídeo também pode ser visto no You Tube!, clique AQUI.

A ocorrência foi registrada na BHTrans sob número: 13/27076. Estamos de olho. Não podemos permitir "jeitinho" para que o veículo deixe o pátio de recolhimento da BHTrans. Que é famoso por não abrir exceção alguma e ser considerado extremamente rigoroso no cumprimento da lei.





terça-feira, 18 de junho de 2013

Roupa Suja se lava em casa.

Desabafo de um agente da BHTrans. Surtou.
Não tive contato com o agente, por isso não sei em que condições o fato ocorreu.

O agente simplesmente tirou o uniforme no meio da via. Simples assim. E foi embora.


Ele é um instrumento para manter a mobilidade no nosso meio e acabou sendo vítima dos efeitos desse meio. A selva urbana faz mais uma vítima.




 ATUALIZAÇÃO - 20 de Junho
Aos que questionaram: Júlio Diniz é realmente funcionário da BHTrans - Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte S/A - que pertence a Prefeitura de Belo Horizonte.



Fora Renan! Fora Sarney! Descanse em paz, PMDB!

Em 2014 teremos eleições presidenciais.

Para Senador.

Para Governador.

Para Deputado Federal.

Para Deputado Estadual.

Independente de quem ganhar, sabe qual partido vai estar no poder? Em todos os estados.
Em todos os municípios.

Não sabe? O partido de Renan, o partido de Sarney.

Sempre ele. PMDB, número 15 na legenda.



Sabe o que isso significa? Ele não que ser protagonista. Ele quer só a parte dele do bolo. Ele não quer mudança. Ele não quer mudança alguma.  E quando quer é na base do mude tudo para que tudo continue sendo o que sempre foi.

Como agir? Não vote em nenhum candidato que comece com o 15. Seja ele quem for. Mesmo que seja bem intencionado. Mesmo que seja honesto.

Quem elege alguém do PMDB, independente da esfera, reforça as velhas raposas da política. Dilma é refém dele. Lula foi refém dele. FHC perdeu o controle de sua base quando o PMDB se dividiu.

Em 2014 não vote 15.000, 1500, 150, 15. Vamos extirpar o mal pela raiz. Simples assim.

Em quem você vai votar? Não importa. Acredite, não há como trazer alguém limpo para conviver na água suja do Congresso Nacional comandando pela banca do PMDB.

#nãovoteno15 #forapmdb


sexta-feira, 14 de junho de 2013

Sem almoço, pelo bem da Copa. Você topa?



Gente desmaiando de fome para ser voluntário na Copa das Confederações.

Um ensaio de 8 às 17 horas.

Um lanche composto de sanduíche, fruta e UM bombom distribuído ás 14 horas como almoço.

Socorristas quase robôs que só atendem quando o "capataz" da FIFA diz que pode.

Isso foi um ensaio. Imagina na Copa.

Você vê aqui:
Ensaio para abertura da Copa das Confederações termina em tumulto no Mané Garrincha - SuperEsportes DF

Boa sorte, Brasil!!! #sou+oJapão

Irracional é protagonista na revolta dos R$ 0,20 por Josias de Souza


 "Nina Cappello, estudante de direito, tida como uma das “organizadoras” do Movimento Passe Livre já havia lavado as mãos há três dias: “A gente não tem controle. Ficou claro que a manifestação se transformou numa revolta popular na cidade contra o aumento da tarifa.” Na noite passada, Lídio Costa Júnior, major da Polícia Militar, enxaguou as mãos “Não nos responsabilizamos mais pelo que vai acontecer”.
Entre a falta de controle da turba e a ausência de responsabilidade da farda, o irracional tornou-se o ator principal do espetáculo transmitido ao vivo das ruas centrais de São Paulo para os lares de todo país. Em meio à bruma do spray de pimenta, a euforia do quebra-quebra misturava-se à excitação dos tiros de borracha. Os dois lados pareciam ter ciência de que preparavam um noticiário fantástico.
Era como se ditassem para o William Bonner um par de destaques para a escalada de manchetes do Jornal Nacional. Era como se redigissem a capa dos jornais da manhã seguinte. Rodavam uma espécie de filme de ação sem autor nem diretor. Depredavam e lançavam bombas de gás porque seguiam orientações e cumpriam ordens. Orientações do Tinhoso, ordens do Todo-Poderoso. E vice-versa.
Exceto pelos sublevados que não têm cara de quem anda de ônibus, manifestantes e soldados formam uma irmandade feita da mesma matéria prima. Não têm razão para sentir raiva um do outro. Provavelmente moram nas mesmas submoradias, comem o mesmo pão que Asmodeu amassou.
Suprema ironia: quando o prefeito era de outro partido, o PT estimulava o Movimento Passe Livre.
Agora, o prefeito é petista. Cúmplice nos reajustes, faz coro com o governador tucano: não há como cancelar. E a turma que dirige o próprio carro se horroriza com a revolta que um reajuste de R$ 0,20 pode causar. Que horror, que horror!
Por sorte, a rebelião teve um desses momentos que o doutor Luís Roberto Barroso, novo ministro do STF, chamaria de ponto fora da curva. Protagonizou-o o policial militar Wanderlei Paulo Vignoli. Montava guarda no prédio do Tribunal de Justiça de São Paulo quando notou que um sujeito pichava o bem público. Tentou impedir. Súbito, viu-se cercado por duas dezenas de manifestantes.
Apedrejado na testa, sangue a escorrer pelo rosto, recolheu os ruídos que soavam ao redor: “Lincha, lincha. Tira a arma dele. Mata!” Sacou o revólver que trazia na cintura. Estava carregado com balas letais, não de borracha. Por que não atirou? “Somos treinados para manter o autocontrole, só atirar no limite. Entendi que, mesmo tendo sido atingido com pedradas, não era o limite para usar arma de fogo.”
Vignoli anda de ônibus e de metrô. Quando não está fardado, desembolsa a tarifa que passou de R$ 3,00 para R$ 3,20. Informado de que os rebeldes pedem tarifa zero, o policial fez cara de riso. “Eu também gostaria, né? Mas acho que nem os países de Primeiro Mundo chegaram a esse patamar.”
Segurança do Tribunal de Justiça, Vignoli conta que o prédio acaba de passar por uma restauração milionária. “Eles têm que entender que esse dinheiro [para apagar a pichação] vai sair do bolso da população.” A realidade brasileira por vezes fica inacreditável. Mas quando se imagina que tudo está perdido, o sujeito que segura o revólver demonstra que é possível ter razão disparando apenas argumentos."

Leia "post" original aqui.